domingo, 8 de março de 2009

Dia Internacional da Mulher - 8 de Março

__________________________
Guilhermina Suggia
(variações sobre um retrato)


1.
No escarlate do vestido
entre os joelhos avulta
o versátil companheiro
que em voz grave lhe responde
desde esse Porto marítimo
da infância, muito antes
da era dos petroleiros e
da boçalidade dos banhistas.



2.

O arco descreve
o intenso itinerário
de Leipzig a Paris,
de Berlim a Varsóvia,
o fascínio dos palcos, o
secretismo dos camarins,
na arritmia do pulso
que o fulgor persegue.



3.

Num crescendo vibrátil
desenha o andamento,
seus motivos ascendentes de
harmónica tensão. E na pausa
final, que um ímpeto antecede
o arco se suspende
augúrio e êxtase.


4.

No atelier londrino
de Mallord Street,
o pintor fixa o instante
de uma metamorfose.
Na tela cresce a silhueta
unida ao Stradivarius,
num corpo mútuo
de exótica mariposa,
olhos cerrados no meridional
abraço. Nem Pablo,
o virtuoso, nem qualquer outro
amante, desatará jamais
esse abraço sem fim.



Inês Lourenço, A Enganosa Respiração da Manhã, Asa Editores, 2002, Porto

Nota: O poema tem como referente o quadro de Augustus John(1879-1961), do post anterior.

4 comentários:

pilantra disse...

Bom dia, Inês!

Gostei muito que tivesse escolhido a deslumbrante Guilhermina acompanhada pela Jacqueline e pelos seus poemas.

Eu escolhi o abanão telúrico (digamos assim): a Cassandra Rios!

Bjs, M

pilantra disse...

Claro que não é «os» mas o!... sempre trapalhona! rsrsrsrs

António Silva disse...

Olá Amiga Inês!
Desculpa a invasão mas… Gostei! Para mim o dia da mulher é... todos os dias! Abraço. António

Victor Oliveira Mateus disse...

Ontem, na minha fome de regresso, nem reparei "neste", que aliás já
conhecia.

Uff... e que final! Quem sabe, sabe!Quem não sabe...olhem, "vamos"
tentando!